Reino Unido testa asfalto 60% mais resistente que é feito com plástico retirado dos oceanos


Por Jessica Miwa, The Greenest Post 

A Holanda já havia anunciado querer testar um asfalto feito a partir de plástico retirado dos oceanos. O uso do material, atualmente, está “na moda”, já que se trata de um recurso demorado para se decompor na natureza e que, infelizmente, é cada vez mais descartado de forma incorreta pelo homem. Além disso, uma série de toxinas que prejudicam nossos solos têm ligação com os vestígios deixados pelo plástico. Não por acaso, o que não falta por aí são iniciativaspara reutilizar e reciclar todos esses resíduos espalhados por aí!

Uma das mais recentes vem do engenheiro Toby McCartney, que desenvolveu uma técnica para revestir as ruas com material parecido com o concreto convencional, mas composto por plástico descartado. A empresa, chamada MacRebur, garante que o substituto é 60% mais resistente que o asfalto comum e tende a durar 10 vezes mais.

Leia a reportagem completa em:

http://thegreenestpost.bol.uol.com.br/reino-unido-testa-asfalto-mais-resistente-feito-de-plastico-reciclado-2/

Anúncios

Sobre Antonio Carlos Teixeira

Gestor de Comunicação para Sustentabilidade, Assessor Corporativo de Transição para uma Sociedade de Baixo Carbono, editor do blog TerraGaia. //// Communication Manager for Sustainability, Corporate Advisor for Transition to a Low Carbon Society, TerraGaia blog editor.
Esse post foi publicado em Cidadania e Sustentabilidade, Cidades Sustentáveis, Ciudades sostenibles, Consciência ambiental, Consumo, Desarollo Sostenible, Descarte de resíduos, Desenvolvimento, Desenvolvimento sustentável, Environmental Awareness, Environmental Impacts, Environmental journalism, Environmental Technology, experiências de projetos ambientais em cidades do Brasil, Gestão sustentável, Impactos ambientais, Impactos Ambientales, Impacts Environnementaux, Jornalismo Ambiental, Mares e oceanos, Pesquisas ambientais, Poluição, Potencial econômico, Prêmios Ambientais e de Sustentabilidade, Projetos ambientais, Reaproveitamento, Resíduos Sólidos Urbanos, Responsabilidade socioambiental, Sustainable Cities, Sustentabilidade, Tecnologia ambiental, transição para uma economia de baixo carbono, Transição para uma Sociedade de Baixo Carbono, Transition to a low carbon society, Transition to Low Carbon Economy e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s