Special Rio 2016 , Environmental Legacy: UNEP is optimistic about the sustainable legacy of Rio Olympic Games

legados ambiental e sustentável que serão gerados pelas Olimpíadas do Rio de Janeiro. "A expectativa é muito positiva"

The UNEP Executive Director, Erik Solheim, alongside Denise Hamú (UNEP Brazil, left) and Tania Braga (Rio 2016): positive expectations about the environmental and sustainable legacies that will be generated by the Olympics in Rio de Janeiro. Photo: UNEP- ROLAC Brazil Office

 

By Antonio Carlos Teixeira, Publisher of TerraGaia blog

In his first official trip as Executive Director of United Nations Environment Programme (UNEP), the Norwegian Erik Solheim said he is very optimistic about the environmental and sustainable legacies that will be generated by the Olympics in Rio de Janeiro. “The expectation is very positive,” he said.

Solheim also said that sports and sustainable actions are “absolutely” great allies to the growth of citizens’ awareness, not only for the locals but also for all Brazilian and global citizens.

Former Minister of Environment of Norway, Solheim met on the afternoon of Thursday (04) the facilities and the surrounding Rio 2016 Olympic Park, located in the west of the city. He looked surprised and happy to note the presence of fauna and flora species in Jacarepagua Lagoon.

He noticed not only pollution, but also on the presence of birds and capivaras living ecosystem. According to him, the principle, this may be considered a small finding, but has a very large representation in terms of the sustainability vision that the Rio Olympic Games can present to the world.

Sobre Antonio Carlos Teixeira

Jornalista, pós-graduado em Ciências Ambientais (UFRJ); 20 anos de experiência na área de comunicação, jornalismo, edição de livros, revistas, sites, blogs e gestão de equipes; consultor/formador do primeiro Curso de Comunicação e Jornalismo Ambiental promovido pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD, São Tomé e Príncipe, setembro 2014); integrante da Delegação Oficial da Câmara Brasil Alemanha para visita à IFAT Entsorga 2010 (Feira Internacional de Água, Esgoto, Lixo e Reciclagem), em Munich (Alemanha); organizador e coautor do livro “A Questão ambiental – Desenvolvimento e Sustentabilidade (Rio de Janeiro: Funenseg, 2004); autor de artigos, palestrante e mediador (congressos, debates, painéis) nas áreas de comunicação, seguro, meio ambiente, educação ambiental e sustentabilidade; coautor do projeto “Proposta de ações de educação ambiental para a Ilha Primeira, Barra da Tijuca – RJ” (Brasil, 2005); editor, videomaker e jurado de festivais de cinema ambiental.
Esse post foi publicado em Cidadania e Meio Ambiente, Cidadania e Sustentabilidade, Comunicação Ambiental, Consciência ambiental, Desenvolvimento sustentável, Rio 2016, Rio de Janeiro, Sustainability, Sustainable Cities e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s