The future of cities: measuring sustainability

FireShot Capture 39 - - https___assets.kpmg.com_content_dam_kpmg_pdf_2016_04_the-future-of-citie

Ever since the first cities were founded, their leaders have needed metrics to understand what was happening in them. What we have measured has changed over time as the needs of city leaders and the role of government have changed. The metrics have become more complex and higher profile, and their uses have expanded, particularly as government addresses a wider range of social needs.
When we measure cities now, we are seeking to understand them in order to manage them better and to provide evidence of performance. Increasingly, we measure cities to understand their viability and to make decisions that will allow those who live in them to be happier and healthier in the future.
This module discusses some of the ways in which cities are being measured and how these metrics could evolve. More important, it provides practical examples of what leading cities are doing, the lessons to be learned and how these can be applied to other cities.

See the full report.

Sobre Antonio Carlos Teixeira

Jornalista, pós-graduado em Ciências Ambientais (UFRJ); 20 anos de experiência na área de comunicação, jornalismo, edição de livros, revistas, sites, blogs e gestão de equipes; consultor/formador do primeiro Curso de Comunicação e Jornalismo Ambiental promovido pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD, São Tomé e Príncipe, setembro 2014); integrante da Delegação Oficial da Câmara Brasil Alemanha para visita à IFAT Entsorga 2010 (Feira Internacional de Água, Esgoto, Lixo e Reciclagem), em Munich (Alemanha); organizador e coautor do livro “A Questão ambiental – Desenvolvimento e Sustentabilidade (Rio de Janeiro: Funenseg, 2004); autor de artigos, palestrante e mediador (congressos, debates, painéis) nas áreas de comunicação, seguro, meio ambiente, educação ambiental e sustentabilidade; coautor do projeto “Proposta de ações de educação ambiental para a Ilha Primeira, Barra da Tijuca – RJ” (Brasil, 2005); editor, videomaker e jurado de festivais de cinema ambiental.
Esse post foi publicado em Economia Verde-Green Economy, Environmental Technology, Greenhouse Gases, Human activities and climate change, Renewable Energy, Sustainability, Sustainable Cities, Sustainable Development Goals (SDGs), Waste to energy e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s