COP21 Paris 2015: notícias – noticias – news 11 12 2015

logo-cop-21-carr-

 

COP 21 adia para sábado o acordo global sobre o clima
G1
G1
11/12/2015
A presidência da COP 21, a conferência sobre o clima, em Paris, anunciou na madrugada desta sexta-feira (11) que passou para sábado (12) de manhã a publicação do texto do acordo final sobre as metas para frear as mudanças climáticas. “A apresentação da redação do projeto global foi adiada desta sexta para sábado”, afirmou o ministro francês das Relações Exteriores, Laurent Fabius, presidente da cúpula.

Novo esboço de acordo do clima tem mais consenso, mas menos ambição
Rafael Garcia
G1
10/12/2015
Um novo esboço do acordo do clima foi publicado na noite desta quinta-feira (10) na COP 21, a conferência do clima de Paris. Em relação à versão anterior, circulada um dia antes, muitos pontos de desacordo foram resolvidos, mas as opções mais ambiciosas de corte indicadas no documento desapareceram. O novo texto-esboço acordo indica que sua meta será a de manter o aquecimento médio do planeta “bem abaixo de 2°C”, mas “buscando esforços para limitar o aumento de temperatura a 1,5°C”. Não há menção, porém, a números específicos de cortes de emissão e “descarbonização” total a longo prazo, que ainda aparecia na versão anterior.

Aquecimento global ameaça deixar 1,75 bilhão sem água, diz ambientalista
Akemi Nitahara
EBC Agência Brasil
10/12/2015
Caso o aquecimento global chegue a 3 graus até o fim do século, 60 milhões de pessoas serão vítimas de inundações, 1,75 bilhões vão passar por estresse hídrico e 4,5 bilhões vão sofrer com ondas de calor. Os dados foram apresentados pela coordenadora da Aliança das Águas, Maru Whately, em uma mesa redonda – Chapa quente do aquecimento global – ocorrida na tarde de hoje (11), no encontro global Emergências, iniciativa do Ministério da Cultura que debate desde segunda-feira, no Rio de Janeiro, a cultura como ativadora de processos na conquista de direitos civis, políticos, sociais, econômicos e ambientais.

UE pede acordo ambicioso em Paris para atrair investimentos
IstoÉ Dinheiro
AFP
10/12/2015
O comissário europeu para o clima, Miguel Arias Cañete, pediu nesta quinta-feira um acordo “ambicioso” em Paris para dar um “rumo claro” ao mundo econômico que permita “liberar milhares de milhões de dólares em investimentos” para que a temperatura não aumente acima dos 2° C. “queremos que o texto que está sendo negociado seja ainda mais ambicioso (…) para mandar uma mensagem muito clara sobre a seriedade dos estados em se comprometer com uma economia de baixa intensidade em carbono”, quer dizer, cujas emissões de gases de efeito estufa sejam mínimas, declarou à imprensa Cañete, à margem das negociações sobre o clima, que se encontram na reta final.

Brasil diz que diferenciação no acordo climático não é negociável
Notícias Terra
Notícias Terra
10/12/2015
O Brasil considera que o princípio de “diferenciação” entre países desenvolvidos e em desenvolvimento, entre os quais se inclui, “não é negociável” no acordo climático discutido na Cúpula do Clima de Paris (COP21).

O efeito das mudanças climáticas na Amazônia
Notícias Terra
Notícias Terra
10/12/2015
Na Região Amazônica, os rios são as veias da vida – eles servem de vias para as comunidades da floresta, de lar para peixes e outros animais aquáticos. São, também, local de recreação para adultos e crianças, que ali se banham e brincam. Mas em outubro de 2015, o nível das águas do rio Negro, próximo a Manaus, desceu tanto que os barcos ficaram encalhados. Chuvas menos intensas e o forte calor contribuíram para a redução do volume das águas fluviais.

Arábia Saudita se destaca como país que mais entrava acordo do clima
Rafael Garcia
G1
10/12/2015
As negociações para o acordo do clima em Paris estão travadas há mais de 24 horas, e a Arábia Saudita, como era esperado do maior exportador de petróleo do mundo, é o país que mais tem trabalhado para atravancar as negociações. Delegados que atuam como observadores na COP relatam diversas manobras de representantes do país na COP 21. Entre as interferências retrógradas que o país fez na conferência estiveram bloquear a adoção de metas de aumento de temperatura menores para o planeta e tentar impedir a revisão das promessas de corte de emissão em uma escala mais rápida.

Gastar menos energia é melhor ação contra aquecimento global
Hérica Dias
Agência USP de Notícias
10/12/2015
A meta internacional de manter o aquecimento global abaixo dos 2ºC pode não ser cumprida se o foco das ações for apenas na implantação de tecnologias de emissões negativas de carbono. Procurar gastar menos energia “suja”, como petróleo, carvão, e priorizar o uso eólico, solar e de biomassa são as melhores alternativas. O alerta consta do estudo Biophysical and economic limits to negative CO2 emissions, publicado no dia 7 de dezembro, na revista especializada Nature Climate Change.

COP 21: 1,3 bilhão de pessoas ainda vivem na escuridão
Envolverde
Envolverde
10/12/2015
Ainda há mais de 1,3 bilhão de pessoas sem acesso à energia no mundo, informou a vice-presidente da Schneider Eletric para a América do Sul, Tania Cosentino, na manhã desta quinta-feira, 09, durante evento paralelo à COP 21, em Paris – uma iniciativa da Schneider com o apoio do Diálogo Energético e do World Businesss Council for Sustainable Development (WBCSD), representado no Brasil pelo CEBDS.

Paris climate talks: deal in sight but negotiations stretch into weekend – live
Adam Vaughan
The Guardian
11/12/2015
The latest developments from COP21 as the UN climate summit enters its penultimate day: UN secretary general: differences remain but governments must take final decision for humanity

COP21: Climate deal due Saturday after more all-night talks
BBC News
BBC News
11/12/2015
Negotiators at the Paris talks aim to wrap up a global agreement to curb climate change on Saturday – a day later than expected, hosts France said. “Things are moving in the right direction,” said French Foreign Minister Laurent Fabius, who is chairing the summit. But more compromise is needed if an agreement is to be reached, say analysts.

Paris climate deal ‘close to finish line’ but talks set to overrun
Suzanne Goldenberg
The Guardian
11/12/2015
Governments trying to reach a climate change agreement in Paris have drawn “extremely close to the finish line” but will overrun into Saturday, according to the French foreign minister. With an agreement in sight to keep temperature rises in check and avoid dangerous global warming, Laurent Fabius called for a second all-night session of negotiations to try to bring 20 years of rollercoaster diplomacy to a successful close.

Paris climate change deal: new draft cuts through key sticking points
Lenore Taylor
The Guardian
11/12/2015
Negotiators in Paris are within reach of a global agreement to curb greenhouse emissions to 2030 and beyond, with the French foreign minister, Laurent Fabius, saying the meeting was “extremely close to the finishing line” as he presented a draft text that cut through many key sticking points.

Developing countries at Paris climate talks should stop fighting old battles, says OECD head
Fiona Harvey
The Guardian
11/12/2015
Some developing countries risk destabilising the UN climate negotiations in Paris by trying to rerun old battles over climate aid that have already been resolved, the head of the Organisation for Economic Cooperation has said. Angel Gurria, the OECD’s secretary general robustly defended the organisation’s assessment of global climate finance and said that developing countries should accept that most funding due to them under international agreements was already flowing.

 
Highlights of a proposed UN climate pact
AFP
AFP
11/12/2015
Envoys from 195 nations appear to be zeroing in on a historic climate-saving pact in Paris. The host of the talks, French Foreign Minister Laurent Fabius, has declared that the world is “extremely close” to a global greenhouse gas-cutting deal that he hopes to seal Friday.

End in sight: The key dates in the battle against global warming
AFP
AFP
11/12/2015
A near three decade-long effort to rein in dangerous planetary warming is meant to culminate Friday in the first-ever universal pact to curb greenhouse gas emissions. The road has been long.

Who promised what climate pledges?
AFP
AFP
11/12/2015
Some 185 countries submitted pledges to reduce greenhouse gas emissions ahead of UN climate talks aiming to close Friday with a historic climate deal. They account for the vast majority of the world population and are responsible for roughly 95 percent of emissions driving dangerous levels of climate change.

Landfills: The climate threat in trash
AFP
AFP
11/12/2015
While efforts to avert disastrous climate change zoom in on cars, industry and power plants belching harmful gases into the air, a potent source of global warming is stealthily stewing underground: rotting trash. Landfills packed with decomposing dinner leftovers and grass clippings are among the world’s top sources of methane — one of the most powerful heat-trapping gases contributing to the Earth’s warming.

Emissions set to soar as love of steak takes off in Asia
AFP
AFP
11/12/2015
Climate change is the last thing on Maya Puspita Sari’s mind as she tucks into a steak and splurges on ice cream, products that were once a luxury but are now a growing staple in the diets of millions of Indonesians. But the livestock sector is a major contributor to climate change — accounting for 14.5 percent of the total global amount of greenhouse gas emissions caused by human activity according to the UN Food and Agriculture Organization — more than those produced from powering all the world’s road vehicles, trains, ships and planes combined.

Canada wins “Fossil of the Day Award” at the COP21
Mychaylo Prystupa
National Observer
10/12/2015
Despite the Trudeau government shedding much of its tarnished reputation as a global climate negotiations laggard, Canada won its second “Fossil of the Day Award” at the COP21 Paris climate talks. Climate Action Network International gave the notorious distinction to Canada along with an “Umbrella Group” bloc of negotiating countries for “standing in the way of increasing ambition before 2020,” said the climate-negotiations watchdog group.

Why Is Saudi Arabia Undermining COP21 When Climate Change Could Make the Gulf Uninhabitable?
Democracy Now!
Democracy Now!
10/12/2015
“How does a country negotiate its own perceived demise? This may be the most pertinent question to consider when pondering the role of Saudi Arabia at the United Nations 21st Conference of Parties in Paris,” writes journalist Antonia Juhasz in a new piece for Newsweek. “The simple answer is that it does not. Instead it undermines and blocks those negotiations and their goal wherever possible.”

COP21: Canada’s new goal for limiting global warming ‘perhaps a dream’
Aleksandra Sagan
CBC News
10/12/2015
Canada’s new Liberal government has upped the ante on its promises to help slow global warming, joining other countries at the Paris climate talks that say a previously agreed upon global target falls short of protecting everyone’s interests. Canada supports a long-term goal of limiting rising average temperatures to within 1.5 C of pre-industrial levels, although 2 C remains the official target.

COP21: US joins ‘high ambition coalition’ for climate deal
Matt McGrath
BBC News
10/12/2015
The United States has joined with the EU and a range of other countries at COP21 in an effort to secure a final agreement. The so called “high ambition coalition” now comprises well over 100 countries from the rich and developing world. As well as the US, Norway, Mexico and Colombia have offered their support to the alliance.

Sobre Antonio Carlos Teixeira

Jornalista, pós-graduado em Ciências Ambientais (UFRJ); 20 anos de experiência na área de comunicação, jornalismo, edição de livros, revistas, sites, blogs e gestão de equipes; consultor/formador do primeiro Curso de Comunicação e Jornalismo Ambiental promovido pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD, São Tomé e Príncipe, setembro 2014); integrante da Delegação Oficial da Câmara Brasil Alemanha para visita à IFAT Entsorga 2010 (Feira Internacional de Água, Esgoto, Lixo e Reciclagem), em Munich (Alemanha); organizador e coautor do livro “A Questão ambiental – Desenvolvimento e Sustentabilidade (Rio de Janeiro: Funenseg, 2004); autor de artigos, palestrante e mediador (congressos, debates, painéis) nas áreas de comunicação, seguro, meio ambiente, educação ambiental e sustentabilidade; coautor do projeto “Proposta de ações de educação ambiental para a Ilha Primeira, Barra da Tijuca – RJ” (Brasil, 2005); editor, videomaker e jurado de festivais de cinema ambiental.
Esse post foi publicado em Comunicação, COP21 Paris França 2015, Environmental journalism, Jornalismo Ambiental, Periodismo Ambiental e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s