COP21 Paris 2015: notícias – noticias – news 04 12 2015

logo-cop-21-carr-

 

COP21: City mayors discuss green solutions
Roger Harrabin
BBC.com
04/12/2015
Carbon emissions from air-conditioning are expected to soar as temperatures climb and people become richer. But at a global mayors summit, Paris is showcasing a simple technology using water piped from the Seine to cool apartments near the Champs Elysees.

La energía eólica y el COP21
ECOticias.com
ECOticias.com
04/12/2015
Si los líderes globales son capaces de llegar a un acuerdo sobre el clima en París y los mercados emergentes asumen compromisos, las exportaciones de la industria eólica europea podrían dispararse, según afirma EWEA, la Asociación Europea de Energía Eólica en un comunicado. China, India, Marruecos, Brasil y Turquía son sólo algunos de los países que han asumido compromisos nacionales sobre energía eólica para después de 2020. En total, 54 países han mencionado a la eólica como una tecnología clave para frenar el cambio climático en sus planes nacionales enviados a la ONU.

Agricultores chegam com soluções à COP 21
D. Mckenzie
Inter Press Service IPS
Paris, França, 3/12/2015 –As associações de agricultores reconhecem que a agricultura tem um papel importante no aquecimento global, por isso querem oferecer soluções nesse sentido e pretendem que os governos as levem em consideração nas negociações em curso na cúpula climática de Paris.

Novo texto para acordo na cúpula do clima de Paris tem poucos avanços
G1
France Presse
03/12/2015
Um novo rascunho da negociação da conferência do clima (COP21) foi proposto nesta quinta-feira pela presidência das discussões, com 50 páginas em vez das 54 apresentadas no início da semana, mas com poucos avanços. As reclamações sobre a ajuda financeira e tecnológica das nações ricas aos países em desenvolvimento estão bloqueando as negociações realizadas em Le Bourget, ao norte de Paris, constataram muitas delegações.

COP21: Brasil é o primeiro país a colocar informações na central sobre florestas
Andreia Verdélio
EBC Agência Brasil
03/12/2015
O Brasil foi o primeiro país a disponibilizar dados no Lima REDD+ Information Hub, lançado hoje (3) pelo secretariado da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima, na 21ª Conferência do Clima das Nações Unidas (COP 21) da convenção, em Paris. A central de informações reunirá as ações verificadas que foram implementadas voluntariamente pelos países em desenvolvimento para reduzir as emissões provenientes do desmatamento e degradação florestal, conhecidas como REDD+.

O setor de transportes contribui com 25% das emissões de gases no mundo
Leda Letra
Rádio ONU / UOL
03/12/2015
O setor de transportes foi um dos focos da Conferência do Clima da ONU (Organização das Nações Unidas), nesta quinta-feira (3). Foram apresentadas 10 iniciativas de redução da emissão de gás carbônico, CO2, além de um pedido pela promoção da mobilidade elétrica. Segundo as Nações Unidas, os transportes contribuem com 25% das emissões de gases que causam o efeito estufa. O setor também é o principal ou o segundo maior contribuinte das emissões ligadas à energia.

Após tragédia, Mariana busca novo rumo na COP21
DW
DW
03/12/2015
Faz 25 anos que a última mina de carvão foi fechada na região de Nord-Pas de Calais, no norte da França. Depois de quase 200 anos de exploração, a extração do combustível ficou muito cara e, uma a uma, as empresas foram encerrando as atividades – apesar de a reserva não ter se esgotado. “Tivemos que lidar com o desemprego da noite para o dia; a nossa água estava contaminada, e o solo e o ar, poluídos. Tivemos que buscar soluções”, conta Geneviève Sevrin, diretora de Relações Internacionais do conselho de Nord-Pas de Calais, sobre a herança negativa da mineração. Em busca de exemplos que alavancaram a reinvenção dessa região francesa, o prefeito de Mariana, em Minas Gerais, desembarcou nesta quinta-feira (03/12) em Paris, que sedia a Conferência do Clima (COP21).

COP21: Ban pede a países ricos que cumpram promessas de financiamento
AFP
UOL
03/12/2015
Nações Unidas, Estados Unidos, 3 dez 2015 (AFP) – O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, convidou nesta quinta-feira os países ricos a manterem suas promessas de financiar os esforços dos países pobres para se adaptar ao aquecimento do planeta. “É uma promessa muito importante”, afirmou à imprensa. “Convido os líderes dos países em desenvolvimento que garantam que suas promessas sejam cumpridas”.

Prefeito de Mariana busca apoio internacional
Reinaldo Canto
Envolverde
03/12/2015
Paris, França, 3/12/2015 –  O prefeito de Mariana, Duarte Júnior, chegou ontem à noite em Paris e após mais de 10 horas de viagem ainda sofreu um acidente de táxi, felizmente sem maiores consequências. Tudo isso para aproveitar a realização da COP 21 e pedir apoio para o município e a região na difícil tarefa de se recuperar da maior tragédia ambiental já ocorrida no Brasil.

Enchentes afetaram quase 2,5 bilhões de pessoas nos últimos 20 anos
Leda Letra
UOl/Rádio ONU
03/12/2015
O Fundo de População das Nações Unidas, Unfpa, divulgou esta quinta-feira o relatório “Abrigo da Tempestade”, sobre a situação da população mundial em 2015. O levantamento mostra que 100 milhões de pessoas precisam de ajuda humanitária, sendo que 26 milhões são mulheres ou garotas adolescentes em idade reprodutiva.

Paris climate deal to start green development charge: UNDP
Megan Rowling
Reuters
03/12/2015
PARIS (Thomson Reuters Foundation) – A U.N. deal on climate change in Paris should fire the starting gun for a global push on sustainable development in 2016, with no time to lose in shifting to greener, more resilient economies, the head of the U.N. development agency said. Together with an international accord on reducing disaster risk in March and September’s adoption of 17 new global goals, a comprehensive agenda will be in place for tackling global warming and eradicating poverty, said Helen Clark, administrator of the United Nations Development Programme (UNDP).

Com as catástrofes climáticas batendo à porta, estadistas discutem acordo global na COP-21. Entrevista especial com Alexandre Costa
IHU On-Line
IHU On-Line
03/12/2015
Iniciada em Paris nesta segunda-feira, 30-11-2015, a Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas, a COP 21, reúne estadistas do mundo todo na tentativa de buscar um acordo para reduzir a emissão de gases causadores do efeito estufa. “A COP 21 ocorre concomitantemente com a confirmação de eventos climáticos extremos associados ao aquecimento global que já se fazem presentes”, aponta o pesquisador Alexandre Costa ao avaliar o contexto drástico em que se dão as negociações em paralelo com as divergências de interesses. “As mudanças climáticas guardam forte relação com a desigualdade e o poder político e econômico. Os interesses capitalistas são incompatíveis com a noção do clima como bem comum”, frisa em entrevista por e-mail à IHU On-Line.

As extremidades do evento climático
Ana Carolina Amaral
Envolverde
03/12/2015
Uma avalanche de eventos concorrentes. Um turbilhão de informações. Um furacão de anúncios, notícias, novas parcerias e investimentos. Tudo isso compõe – licença para o trocadilho – os eventos climáticos extremos da COP do Clima. Muitas vezes alertados em cima da hora, eles podem ser extremamente enganosos. Dão a impressão de que está tudo bombando (sem trocadilho aqui, gente!).

Top fashion CEOs fear rising costs from climate change
Reuters
Reuters
03/12/2015
The chief executives of seven top clothing companies, including Hennes & Mauritz (HMb.ST) Gap (GPS.N) and Adidas (ADSGn.DE), are calling on governments to agree a strong climate change deal, saying they fear global warming will drive up their costs. Almost 200 nations are meeting in Paris until Dec. 11, trying to work out a deal to limit a rise in temperatures blamed on increasing emissions of greenhouse gases.

Financiamento climático provoca primeira crise em Paris
Claudio Angelo / Cíntya Feitosa
Observatório do Clima
02/12/2015
Se é verdade que nenhuma conferência do clima começa sem conflito, a COP21 teve sua grande estreia na noite desta quarta-feira. O G77, bloco que as nações em desenvolvimento, soltou uma nota fazendo críticas duras aos países desenvolvidos, rompendo o clima relativamente amistoso que se viu nos dois primeiros dias de reunião, após as falas dos chefes de Estado. O objeto da discórdia era previsível: o financiamento climático.

China says to cut power sector emissions by 60 percent by 2020
Reuters
Reuters
02/12/2015
China will cut emissions of major pollutants in the power sector by 60 percent by 2020, the cabinet announced on Wednesday, after world leaders met in Paris to address climate change. China will also reduce annual carbon dioxide emissions from coal-fired power generation by 180 million tonnes by 2020, according to a statement on the official government website. It did not give comparison figures but said the cuts would be made through efficiency gains. In Paris, Christiana Figueres, head of the U.N. Climate Change Secretariat, said she had not seen the announcement, but linked it to expectations that China’s coal use would peak by the end of the decade.

Anúncios

Sobre Antonio Carlos Teixeira

Executivo de Comunicação I Assessor Estratégico I Sustentabilidade/Baixo Carbono I Editor I Editor do blog TerraGaia //// Executive of Communication I Strategic Advisor I Sustainability/Low Carbon I Editor I TerraGaia blog Editor.
Esse post foi publicado em Comunicação, Comunicação Ambiental, COP21 Paris França 2015, Environmental journalism, Jornalismo Ambiental, Periodismo Ambiental e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s