Riscos da Segurança Alimentar e Nutricional no Semiárido Resultante das Mudanças Climáticas

FireShot Screen Capture #024 - 'recursoshidricosbrasilvera_pdf - Google Drive' - drive_google_com_file_d_0B_6ajtEwzatsVkdlc2UzNGFmYjQ_view_pli=1

Por Vera Boerger, Oficial de Tierras y Aguas da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO-SLM)

Encontro Internacional de Jornalistas Ambientais
Fortaleza, Brasil – 24 de novembro de 2015

Segurança alimentar na América Latina e Caribe e no mundo
Apesar dos avanços mundiais, persistem diferenças marcantes entre as regiões. A região da América Latina e Caribe registrou o maior progresso geral para o aumento da segurança alimentar, mas a nível global é insuficiente para conseguir os objetivos da redução da fome. (FAO, 2013)

A situação no Brasil
O Brasil atingiu as duas metas correspondentes à fome estabelecidas no ODM e na CMA. O progresso para se alcançar esses objetivos estabelecidos no âmbito internacional acelerou em 2003 com o começo do Programa Fome Zero, que colocou a erradicação da fome no centro do programa político e colocou em prática uma estratégia integral para promover a segurança alimentar, vinculando o apoio produtivo à proteção social.

Acesse o documento.

Sobre Antonio Carlos Teixeira

Jornalista, pós-graduado em Ciências Ambientais (UFRJ); 20 anos de experiência na área de comunicação, jornalismo, edição de livros, revistas, sites, blogs e gestão de equipes; consultor/formador do primeiro Curso de Comunicação e Jornalismo Ambiental promovido pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD, São Tomé e Príncipe, setembro 2014); integrante da Delegação Oficial da Câmara Brasil Alemanha para visita à IFAT Entsorga 2010 (Feira Internacional de Água, Esgoto, Lixo e Reciclagem), em Munich (Alemanha); organizador e coautor do livro “A Questão ambiental – Desenvolvimento e Sustentabilidade (Rio de Janeiro: Funenseg, 2004); autor de artigos, palestrante e mediador (congressos, debates, painéis) nas áreas de comunicação, seguro, meio ambiente, educação ambiental e sustentabilidade; coautor do projeto “Proposta de ações de educação ambiental para a Ilha Primeira, Barra da Tijuca – RJ” (Brasil, 2005); editor, videomaker e jurado de festivais de cinema ambiental.
Esse post foi publicado em Agricultura, Aquecimento global, Água, Clima, Consciência ambiental, Consumo, Estudos ambientais, Eventos, Gases do Efeito Estufa, História ambiental brasileira, Impactos ambientais, Jornalismo Ambiental, Mudança climática, Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, Objetivos de Desenvolvimento Sustentável ODS, Pesquisas ambientais, Publicações, Saúde, Segurança Alimentar, Sustentabilidade e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s