Objetivos globais da ONU: iniciativa brasileira apoia acesso à água para todos

Foto: ASCOM MDS

Foto: ASCOM MDS

Considerado precursor e visionário, projeto marca início da organização do 8º Fórum Mundial da Água, que acontecerá em 2018

Do site das Nações Unidas no Brasil

Para assegurar a disponibilidade e a gestão sustentável de água e saneamento para todos e, dessa forma, avançar no cumprimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável número seis, o Programa da ONU para o Desenvolvimento (PNUD) assinou nesta quarta (6) o projeto Recursos hídricos, mudanças climáticas e ODS: temas emergentes da agenda internacional da Água, juntamente com a Agência Nacional de Águas (ANA) e a Agência Brasileira de Cooperação (ABC).

O PNUD apoiará os trabalhos da ANA relativos ao tema das mudanças climáticas e seus impactos na disponibilidade de recursos hídricos. “O projeto também dará suporte na condução de diálogos multissetoriais do 8º Fórum Mundial da Água, tanto para o planejamento e preparação, como em sua própria realização”, ressalta a analista de programa da unidade de desenvolvimento sustentável do PNUD, Luana Lopes.

Na cerimônia de assinatura do projeto, o diretor da ABC, o embaixador João Almino, ressaltou a importância dos parceiros para a realização da iniciativa e destacou: “O projeto da ANA vai nos ajudar a cumprir os ODS.”

Para o especialista em recursos hídricos da Gerência Geral de Estratégia da Agência, Alexandre Tofeti, esse projeto é visionário e precursor, já que nas sete versões anteriores do Fórum Mundial da Água nunca houve uma ação de coordenação tão prévia. “Ele lança um conjunto de atividades que contempla os ODS apenas uma semana após a adoção dos objetivos de desenvolvimento sustentáveis, colocando o Brasil em uma posição precursora em relação a outros países.”

Sobre Antonio Carlos Teixeira

Jornalista, pós-graduado em Ciências Ambientais (UFRJ); 20 anos de experiência na área de comunicação, jornalismo, edição de livros, revistas, sites, blogs e gestão de equipes; consultor/formador do primeiro Curso de Comunicação e Jornalismo Ambiental promovido pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD, São Tomé e Príncipe, setembro 2014); integrante da Delegação Oficial da Câmara Brasil Alemanha para visita à IFAT Entsorga 2010 (Feira Internacional de Água, Esgoto, Lixo e Reciclagem), em Munich (Alemanha); organizador e coautor do livro “A Questão ambiental – Desenvolvimento e Sustentabilidade (Rio de Janeiro: Funenseg, 2004); autor de artigos, palestrante e mediador (congressos, debates, painéis) nas áreas de comunicação, seguro, meio ambiente, educação ambiental e sustentabilidade; coautor do projeto “Proposta de ações de educação ambiental para a Ilha Primeira, Barra da Tijuca – RJ” (Brasil, 2005); editor, videomaker e jurado de festivais de cinema ambiental.
Esse post foi publicado em Água, Cidades Sustentáveis, Consciência ambiental, Consumo, Desenvolvimento sustentável, Gestão sustentável, Jornalismo Ambiental, Objetivos de Desenvolvimento Sustentável ODS, Recursos naturais, Sustentabilidade e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s