Celso Schröder: “Ainda temos que incorporar a Amazônia a partir da visão que a Amazônia tem de si mesma”

A entrevista do presidente da Fenaj Celso Schröder ao site Mídia e Amazônia: “a cobertura que a mídia nacional faz sobre a região amazônica ainda é pautada por uma visão colonialista”.

Jornalismo Ambiental no Brasil e no Mundo

Captura de Tela 2015-07-12 às 22.13.04Celso Schröder, presidente da Federação Nacional dos Jornalistas – FENAJ, fala ao site Mídia e Amazôniasobre a cobertura da mídia brasileira sobre temas relacionados à Amazônia e a importância da regionalização das produções. Também há link para a gravação da entrevista com cerca de 5 min da webtv do site.

Celso é formado em Jornalismo pela PUC-RS e especialista em Sociologia pela UFRGS. Atualmente é presidente da FENAJ, da Federação de Jornalistas da América Latina e Caribe (Fepalc) e vice-presidente da Federação Internacional dos Jornalistas (FIJ). Também é membro titular do Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional.

Ver o post original 579 mais palavras

Sobre Antonio Carlos Teixeira

Jornalista, pós-graduado em Ciências Ambientais (UFRJ); 20 anos de experiência na área de comunicação, jornalismo, edição de livros, revistas, sites, blogs e gestão de equipes; consultor/formador do primeiro Curso de Comunicação e Jornalismo Ambiental promovido pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD, São Tomé e Príncipe, setembro 2014); integrante da Delegação Oficial da Câmara Brasil Alemanha para visita à IFAT Entsorga 2010 (Feira Internacional de Água, Esgoto, Lixo e Reciclagem), em Munich (Alemanha); organizador e coautor do livro “A Questão ambiental – Desenvolvimento e Sustentabilidade (Rio de Janeiro: Funenseg, 2004); autor de artigos, palestrante e mediador (congressos, debates, painéis) nas áreas de comunicação, seguro, meio ambiente, educação ambiental e sustentabilidade; coautor do projeto “Proposta de ações de educação ambiental para a Ilha Primeira, Barra da Tijuca – RJ” (Brasil, 2005); editor, videomaker e jurado de festivais de cinema ambiental.
Esse post foi publicado em Jornalismo Ambiental. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s