The World Bank wants to incorporate sustainability into its analyses

About sustainability and economics…

RIO+ Centre

The World Bank Poverty Global Practice’s first event was held on 21-22 October in Washington DC. It aimed to inspire collaboration and innovation, build a strong and interconnected global team working on poverty related issues, and create a space where staff can learn from one another and from key external experts, like the Director of the World Centre for Sustainable Development (RIO+ Centre), Rômulo Paes Sousa.

Paes took part in two panel debates. The objective of the first one was to fuel the debate on what is needed to accelerate progress towards achieving the Bank’s twin goals of ending extreme poverty and boosting shared prosperity.  The topics Paes addressed during this panel were: analytical and empirical tools for incorporating sustainability into poverty analytics; key differences between middle-income and low-income countries (MICs and LICs, respectively) in terms of poverty reduction priorities and approaches; and impact assessments used by the Brazilian government…

Ver o post original 251 mais palavras

Sobre Antonio Carlos Teixeira

Jornalista, pós-graduado em Ciências Ambientais (UFRJ); 20 anos de experiência na área de comunicação, jornalismo, edição de livros, revistas, sites, blogs e gestão de equipes; consultor/formador do primeiro Curso de Comunicação e Jornalismo Ambiental promovido pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD, São Tomé e Príncipe, setembro 2014); integrante da Delegação Oficial da Câmara Brasil Alemanha para visita à IFAT Entsorga 2010 (Feira Internacional de Água, Esgoto, Lixo e Reciclagem), em Munich (Alemanha); organizador e coautor do livro “A Questão ambiental – Desenvolvimento e Sustentabilidade (Rio de Janeiro: Funenseg, 2004); autor de artigos, palestrante e mediador (congressos, debates, painéis) nas áreas de comunicação, seguro, meio ambiente, educação ambiental e sustentabilidade; coautor do projeto “Proposta de ações de educação ambiental para a Ilha Primeira, Barra da Tijuca – RJ” (Brasil, 2005); editor, videomaker e jurado de festivais de cinema ambiental.
Esse post foi publicado em Jornalismo Ambiental. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s