How to meet new demands from people just out of extreme poverty

International Seminar World Without Poverty

RIO+ Centre

Developing countries that have reduced extreme poverty near to zero, like Brazil, now face the challenge of meeting new demands from the people who have benefited from cash transfer policies. Well-designed and efficient public policies on education, health, sanitation, housing and security are still needed to ensure that these people enjoy full citizenship.

Issues related to the future of social policies after they have succeeded in nearly eradicating extreme poverty will be discussed at the International Seminar – A World without Poverty, which will take place in Brasília on 18-19 November 2014 (click here to see the programme and further information on the seminar).

This is the first international seminar organized by the Brazilian Learning Initiative for a World without Poverty (WWP). It will be held in partnership with the World Centre for Sustainable Development (RIO+ Centre) and the Brazilian Government’s Secretariat of Strategic Affairs (SAE). The audience of…

Ver o post original 295 mais palavras

Sobre Antonio Carlos Teixeira

Jornalista, pós-graduado em Ciências Ambientais (UFRJ); 20 anos de experiência na área de comunicação, jornalismo, edição de livros, revistas, sites, blogs e gestão de equipes; consultor/formador do primeiro Curso de Comunicação e Jornalismo Ambiental promovido pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD, São Tomé e Príncipe, setembro 2014); integrante da Delegação Oficial da Câmara Brasil Alemanha para visita à IFAT Entsorga 2010 (Feira Internacional de Água, Esgoto, Lixo e Reciclagem), em Munich (Alemanha); organizador e coautor do livro “A Questão ambiental – Desenvolvimento e Sustentabilidade (Rio de Janeiro: Funenseg, 2004); autor de artigos, palestrante e mediador (congressos, debates, painéis) nas áreas de comunicação, seguro, meio ambiente, educação ambiental e sustentabilidade; coautor do projeto “Proposta de ações de educação ambiental para a Ilha Primeira, Barra da Tijuca – RJ” (Brasil, 2005); editor, videomaker e jurado de festivais de cinema ambiental.
Esse post foi publicado em Jornalismo Ambiental. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s