FilmAmbiente Festival 2013: Níveis Inaceitáveis

Título original: Unacceptable Levels

Diretor: Edward Brown
           
Doc | 2013 | 90min | USA

Sinopse

Atualmente existem mais de 88.000 elementos químicos em circulação e alguns estão sendo ingeridos por nós e, mais importante, por nossos bebês antes mesmo do nascimento. Devido a esta constante exposição, mais de 200 componentes industriais sintéticos interagem diariamente com nossas células. Até recentemente a ciência moderna não conhecia exatamente o que isto poderia significar ao longo do tempo, mas isto esta mudando. O filme abre a porta para conversas sobre o peso da química que nossos corpos estão sendo expostos, para que possamos tomar decisões conscientes que façam diferença.

Exibição

Quarta-feira, 05/09 | 13.30h | Museu do Meio Ambiente

Site do filme

Site do FilmAmbiente

Programação do festival

Anúncios

Sobre Antonio Carlos Teixeira

Executivo de Comunicação I Assessor Estratégico I Sustentabilidade/Baixo Carbono I Editor I Editor do blog TerraGaia //// Executive of Communication I Strategic Advisor I Sustainability/Low Carbon I Editor I TerraGaia blog Editor.
Esse post foi publicado em Agricultura, Consciência ambiental, Consumo, Empresas, Jornalismo investigativo, Responsabilidade corporativa, Responsabilidade Social Empresarial RSE, Saúde e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para FilmAmbiente Festival 2013: Níveis Inaceitáveis

  1. Pingback: FilmAmbiente Festival 2013: “Vila no fim do Mundo” ganha prêmio de melhor filme | Comunicação Ambiente Sustentabilidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s