Energia eólica: capacidade instalada no Brasil alcançará 4 GW em 2013

Desempenho deve chegar a 16 GW em 2021, elevando para 9% a participação eólica na matriz elétrica brasileira

Por Antonio Carlos Teixeira

O Brasil deverá alcançar o patamar de 4 GW de capacidade instalada no setor de energia eólica, saindo da 16ª posição para se posicionar entre os 10 países com maior capacidade eólica instalada no mundo. A previsão é da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica).

Segundo a presidente executiva da ABEEólica, Elbia Melo, o Brasil encerra 2012 com 2.4 GW de potência eólica instalada e 2% de participação na matriz elétrica brasileira. “Essa capacidade instalada representa, de fato, a efetiva inserção da indústria eólica no País. Somente em 2012 instalamos 38 novos parques eólicos, totalizando 106 empreendimentos, e acrescentamos 1 GW no sistema. Esse mesmo volume foi injetado anteriormente em um período de 13 anos, de 1998 a 2011. Tivemos um salto virtuoso”, destaca. Além dos números do segmento, dados do Plano Decenal de Energia (PDE 2021, documento do governo federal que define metas do setor de energia para o período 2012-2021) evidenciam o crescimento surpreendente da fonte eólica no Brasil. Segundo o PDE 2021, a participação eólica na matriz elétrica chegará a 9% em 2021, com 16 GW instalados.

Parque Eólico de Água Doce, Santa Catarina, Brasil. Foto: Antonio Carlos Teixeira

Parque Eólico de Água Doce, Santa Catarina, Brasil. Foto: Antonio Carlos Teixeira

A capacidade instalada atual, de 2.4 GW, possibilita o fornecimento de energia a quatro milhões de residências.  “É uma fonte limpa e renovável, que gera empregos e renda para o Brasil. Em 2012 foram gerados 15 mil empregos diretos e temos, hoje, 11 fabricantes instalados no País. No último ano foram investidos no setor certa de R$ 7 bilhões de reais e a previsão é chegar a R$ 50 bilhões até 2020”, ressalta Elbia.

Segundo a  ABEEólica, os últimos doze meses marcaram os principais caminhos para a consolidação da energia eólica na matriz elétrica brasileira e a fase competitiva da fonte, com a entrega dos parques eólicos vendidos no 2º Leilão de Energia de Reserva, de 2009.

Anúncios

Sobre Antonio Carlos Teixeira

Executivo de Comunicação I Assessor Estratégico I Sustentabilidade/Baixo Carbono I Editor I Editor do blog TerraGaia //// Executive of Communication I Strategic Advisor I Sustainability/Low Carbon I Editor I TerraGaia blog Editor.
Esse post foi publicado em Consumo, Desenvolvimento sustentável, Economia, Economia Verde-Green Economy, Energia, Energia eólica, Energias renováveis, Sustentabilidade. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Energia eólica: capacidade instalada no Brasil alcançará 4 GW em 2013

  1. Apostar nas energias renováveis e&ou limpas e pensar num futuro melhor…num futuro menos temido,quando se pensa nos prováveis efeitos negativos e prejudiciais para o Mundo se os esforços que estão ser feitos não forem redobrados… já se constatou que o Homem não PODE E NUNCA CONSEGUIRA CONTROLAR A IRA DO AMBIENTE e por isso importa pedir que se pare de ignorar as consequências do aquecimento global,pois, cairão sobre nos…repito aquilo que já tinha falado,e preciso pressionar as maiores potenciais e consequentemente os mais poluidores a se empenharem mais nessa luta- devem parar com essa brincadeira de compra de CO2-claro pacificamente…o amanha depende das lutas de hoje…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s