Energia eólica: capacidade instalada no Brasil alcançará 4 GW em 2013

Desempenho deve chegar a 16 GW em 2021, elevando para 9% a participação eólica na matriz elétrica brasileira

Por Antonio Carlos Teixeira

O Brasil deverá alcançar o patamar de 4 GW de capacidade instalada no setor de energia eólica, saindo da 16ª posição para se posicionar entre os 10 países com maior capacidade eólica instalada no mundo. A previsão é da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica).

Segundo a presidente executiva da ABEEólica, Elbia Melo, o Brasil encerra 2012 com 2.4 GW de potência eólica instalada e 2% de participação na matriz elétrica brasileira. “Essa capacidade instalada representa, de fato, a efetiva inserção da indústria eólica no País. Somente em 2012 instalamos 38 novos parques eólicos, totalizando 106 empreendimentos, e acrescentamos 1 GW no sistema. Esse mesmo volume foi injetado anteriormente em um período de 13 anos, de 1998 a 2011. Tivemos um salto virtuoso”, destaca. Além dos números do segmento, dados do Plano Decenal de Energia (PDE 2021, documento do governo federal que define metas do setor de energia para o período 2012-2021) evidenciam o crescimento surpreendente da fonte eólica no Brasil. Segundo o PDE 2021, a participação eólica na matriz elétrica chegará a 9% em 2021, com 16 GW instalados.

Parque Eólico de Água Doce, Santa Catarina, Brasil. Foto: Antonio Carlos Teixeira

Parque Eólico de Água Doce, Santa Catarina, Brasil. Foto: Antonio Carlos Teixeira

A capacidade instalada atual, de 2.4 GW, possibilita o fornecimento de energia a quatro milhões de residências.  “É uma fonte limpa e renovável, que gera empregos e renda para o Brasil. Em 2012 foram gerados 15 mil empregos diretos e temos, hoje, 11 fabricantes instalados no País. No último ano foram investidos no setor certa de R$ 7 bilhões de reais e a previsão é chegar a R$ 50 bilhões até 2020”, ressalta Elbia.

Segundo a  ABEEólica, os últimos doze meses marcaram os principais caminhos para a consolidação da energia eólica na matriz elétrica brasileira e a fase competitiva da fonte, com a entrega dos parques eólicos vendidos no 2º Leilão de Energia de Reserva, de 2009.

Anúncios

Sobre Antonio Carlos Teixeira

Gestor de Comunicação para Sustentabilidade, Assessor Corporativo de Transição para uma Sociedade de Baixo Carbono, editor do blog TerraGaia. //// Communication Manager for Sustainability, Corporate Advisor for Transition to a Low Carbon Society, TerraGaia blog editor.
Esse post foi publicado em Consumo, Desenvolvimento sustentável, Economia, Economia Verde-Green Economy, Energia, Energia eólica, Energias renováveis, Sustentabilidade. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Energia eólica: capacidade instalada no Brasil alcançará 4 GW em 2013

  1. Apostar nas energias renováveis e&ou limpas e pensar num futuro melhor…num futuro menos temido,quando se pensa nos prováveis efeitos negativos e prejudiciais para o Mundo se os esforços que estão ser feitos não forem redobrados… já se constatou que o Homem não PODE E NUNCA CONSEGUIRA CONTROLAR A IRA DO AMBIENTE e por isso importa pedir que se pare de ignorar as consequências do aquecimento global,pois, cairão sobre nos…repito aquilo que já tinha falado,e preciso pressionar as maiores potenciais e consequentemente os mais poluidores a se empenharem mais nessa luta- devem parar com essa brincadeira de compra de CO2-claro pacificamente…o amanha depende das lutas de hoje…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s