Pará: Teia Cabocla reúne jovens para promover cultura digital e educação comunitária

Da Coordenação de Educação, Cultura e Comunicação – CEAPS do Projeto Saúde e Alegria

 

Cerca de 80 jovens, comunicadores e agentes de educação popular vindos de 40 comunidades ribeirinhas dos municípios de Santarém, Belterra, Aveiro e Juruti estarão reunidos neste final de semana em Santarém, para o IX Encontro da Teia Cabocla. Trata-se de um encontro promovido anualmente pelo Projeto Saúde e Alegria com o objetivo de incentivar o engajamento social da juventude, fortalecendo sua cidadania e sua participação ativa em ações comunitárias. Este ano, o evento conta com o apoio do Instituto Vivo, da Fundação Konrad Adenauer e LAZ/União Européia. Terá como foco principal, o fortalecimento de uma rede de aprendizagem colaborativa na Amazônia, por meio de agentes comunitários de educação que utilizam as tecnologias digitais, a arte e cultura regional.

Suruacá, Capixauã, Maripá, Muratuba, Piquiatuba… Nomes típicos de comunidades ribeirinhas da Amazônia, já demonstram a diversidade que estará presente no encontro. Viajando muitas horas descendo os rios Tapajós, Amazonas e Arapiuns, os representantes de um total de 40 comunidades vão se encontrar em Santarém, trazendo na bagagem suas experiências e muita vontade de aprender coisas novas, que possam retornar em benefício para suas comunidades.

O evento vai agregar os participantes das diversas iniciativas empreendidas pelo Projeto Saúde e Alegria no campo da educação, cultura, comunicação e inclusão digital. Representantes de Comissões Locais de Saúde, Agentes Multiplicadores do ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente; jovens repórteres e monitores de telecentros estarão presentes. Juntos, durante dois dias e meio, eles irão discutir temas como a educação popular para a promoção da saúde; a garantia dos direitos fundamentais de crianças e adolescentes; a cultura digital e a comunicação comunitária; a sociedade em rede e a presença das comunidades ribeirinhas.

Vários participantes já estão em Santarém. Adailson Vieira Carvalho, Agente Comunitário de Saúde da Comunidade de Cabeira do Amorim, conta que está ansioso para o encontro começar. “Minha expectativa é muito grande. Já participo pela segunda vez da Teia Cabocla. Será uma oportunidade de encontrar com os amigos que também participam dessa Rede. Quero mostrar o trabalho de comunicação que faço na Rádio Juventude de Cabeceira do Amorim, onde tenho um programa que valoriza os artistas da comunidade, além de divulgar assuntos educativos sobre saúde para a população”. Adasilson trouxe também seu colega Josimar Bentes, de 18 anos. Com um pouco de timidez, Josimar conta que é o técnico de som da rádio comunitária. “É a primeira vez que venho participar, quero aprender mais sobre rádio e conhecer novas pessoas”.

Adailson e Josimar vão se juntar às dezenas de jovens que também participam da Rede Mocoronga de Comunicação Popular, presente em 24 comunidades com rádios, jornais locais, equipes de vídeo e cineclubes e blogs colaborativos. E assim promete ser o evento, um espaço de novas aprendizagens. Os mais experientes vão fortalecer suas iniciativas, enquanto os iniciantes terão também espaços para aperfeiçoar seus conhecimentos, com oficinas técnicas de rádio, jornalismo comunitário, blogs e produção de vídeos.

As experiências de cultura digital e comunicação comunitária tem ampliado as oportunidades de inclusão das comunidades ribeirinhas na sociedade da informação e do conhecimento. A Rede Mocoronga já conta com 12 telecentros equipados com computadores e acesso à internet no meio da floresta, onde os jovens podem divulgar sua realidade e ter acesso às informações que podem ser úteis no seu próprio crescimento pessoal e de suas comunidades.

Através da parceria com a Vivo, mais um aporte tecnológico vai contribuir para expandir essa experiência. A partir da implantação de uma antena 3G em Belterra em 2009, e a recém instalada torre na comunidade de Suruacá, às margens do rio Tapajós, as comunidades estão tendo acesso à telefonia celular e à internet 3G. O trabalho envolve também a doação de celulares smartphones de última geração para 15 grupos e cerca de 100 comunidades receberam aparelhos para a melhor interlocução com as atividades do Projeto Saúde & Alegria. Esses aparelhos terão um pacote de dados para acesso à Internet e trinta reais de créditos por um ano.

“Os jovens que estão recebendo celulares smartphone, participarão de oficinas práticas para o uso destes dispositivos para a produção de fotos, vídeos e sua publicação na internet, o que elevará consideravelmente a presença das comunidades e seus conteúdos na rede”, conta Paulo Lima, coordenador de inclusão digital do PSA.

Cada vez mais, o rico repertório sócio-cultural das comunidades ribeirinhas, antes escondidos debaixo da floresta, passa a estar nas telas de um smartphone ou à um clique de um post num blog com nome curioso, como Muratuba ou Suruacá. No evento será lançando o Concurso de Cultura Digital que tem esta finalidade, estimular a produção cultural das comunidades rurais que já dispõem de aparelhos celulares com características multimídia. Com o tema “O que é a cultura da minha comunidade?” a iniciativa visa registrar aspectos importantes ou originais da cultura ribeirinha, documentando lendas, contos, histórias e demais elementos do patrimônio cultural local.

“Na Teia Cabocla vamos juntar as experiências educativas que o projeto saúde e alegria vem desenvolvendo nos rios e a diversidade cultural que as comunidades trazem. Por isso o encontro será um rico laboratório de experimentações, aberto à criação e ao fortalecimento desta grande rede de aprendizagem. Tudo isso deverá resultar no que estamos chamando de Arranjos Educativos Locais”, conta Fabio Pena.

Além das oficinas, haverá momentos de planejamento para a multiplicação das experiencias nas comunidades, através da metodologia dos Arranjos Educativos Locais, onde as pessoas podem se juntar, se conectar em rede para aprender juntas, de forma colaborativa pautando os temas do seu interesse pessoal e coletivo.

Informações:

93 3067-8000 /9152-9662

fabinho@saudeealegria.org.br

www.redemocoronga.org.br

www.saudeealegria.org.br

Sobre Antonio Carlos Teixeira

Executivo de Comunicação I Assessor Estratégico I Sustentabilidade/Baixo Carbono I Editor I Editor do blog TerraGaia //// Executive of Communication I Strategic Advisor I Sustainability/Low Carbon I Editor I TerraGaia blog Editor.
Esse post foi publicado em Comunidades, Consciência ambiental, Educação, Educação ambiental, Saúde, Solidariedade, Sustentabilidade e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s